26 fevereiro 2013

Trechos do meu Diário

Não quero engolir minhas decepções. Não quero risos calculados. Não quero ficar com esse grito entalado na garganta. Quero bater o pé. Falar o que me vier na cabeça. Não quero continuar presa na minha gaiola dourada. Eu quero sair, bater as asas para um mundo desconhecido. Conhecer pessoas, lugares e sentimentos novos. Quero conhecer o real sentido de ser livre. Não aquele livre de não dar satisfações, não ter hora para voltar e fazer o que quiser da vida. Mas, apenas aquele sentimento de liberdade. Quero sair de casa. Dizer adeus à algumas pessoas e conhecer várias outras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Quero desesperadamente ser uma sacudidora de palavras para o mundo."
Markus Zusak


- Não esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa te visitar!