26 março 2013

Folhas Soltas = Lembranças voltando

E como diz a Gibs, tô vadiando. kkkk Sim, parei de estudar, minha linda, matemática para vir aqui falar abobrinha, ouvir red hot e outros.

Meu dia.. Ah, meu dia foi extremamente maravilhoso! Sabe quando você faz alguma coisa, como desligar o despertador e voltar a dormir, e parece que esse único ato seu desencadeia um dia cheio de coisas como chegar atrasada na escola, não entender a matéria, tomar chuva, chutar cadeira, mãe e irmã fazer de tudo para encher o saco, quase cortar o dedo no vidro de uma janela e quebrar um copo? Poisé, meu dia foi mais ou menos assim. Mas ainda está cedo, muita coisa pode acontecer enquanto eu não for dormir.

Mudando de assunto..
Achei algumas cartas que recebi de paixonites e folhas soltas que escrevi em cadernos do ano retrasado e.. gente, como eu era louca! kkkkkk Era cada coisa sem noção que eu escrevia, que nem parecia que era eu. Eu escrevia todos os sonhos/desejos que eu tinha! Teve um que eu queria juntar dinheiro pra comprar uma combi toda colorida, deixar tudo para trás e sair conhecendo lugares e pessoas. E na minha época revoltada? kkkkkk! Lembro que eu ficava ouvindo aqueles punk bem pesado, sepultura/morbid angel, alto para minha mãe e meu pai ouvirem e ficarem bravos. É, não sei o que eu tinha na cabeça.. Mas foi bom reler essas folhas. Me fez pensar muito em como eu era e como eu estou agora. Foi tantas pessoas que eu conheci e que fiz coisas por elas que não valeram a pena. Tanta coisa errada, que se eu pudesse esquecer, voltar e refazer, não pensaria duas vezes.
É.. Muita coisa mudou. Ainda bem. hehe.

Ah, e hoje faz 1 ano e 1 mês que estou namorando. Apesar de que nem parece que já faz tanto tempo, mas está bom. kkk.

E eu coloquei a caixinha do skoob dos livros que eu vou e quero ler. Muito fofo *--*



 "No matter what they say
[...] 
Everyone has
So much to say
They talk talk talk"




"Pode falar, não importa. O que eu tenho de torta, eu tenho de feliz." Mallu Magalhães



Aiai

Oi, bom dia!
Cada vez mais está parecendo que o melhor lugar pra eu ficar aqui em casa é no meu quarto estudando ou ouvindo música. Quieta, sem ninguém por perto.
Não entendo meus pais. Se fico calada, eles reclamam que eu não converso com ninguém. Se eu converso, ou faço perguntas simples, eles dizem que sou mal educada, respondona e afins. Nem brinco com eles mais, para não ter motivos para falar o que eu não preciso escutar.
Todo mundo sempre interpreta mal o que eu falo. É incrível isso.
O dia hoje está muito gostoso! =) Até bom de ir para a escola. Flw!

25 março 2013

...

(Mas é cada uma que me aparece.. kkk)

Está longe, mas está quase chegando os vestibulares de inverno, e preciso me preocupar mais em aprender que tirar nota (apesar de que tirar nota boa não é nem um pouco ruim kkkk)


Enfim, estava com muita vontade de tirar fotos, mas está a noite e as fotos nem ficam muito boas. Então resolvi tirar algumas de dentro do meu quarto. Aliás, ando precisando arrumar ele, mas ainda dá pra andar por ele (kkk nem está assim, é só colocar algumas coisas no lugar.)

O poste e o quadro são do meu quarto. Gosto desse quadro, a garota olhando para frente e segurando a flor desta maneira, faz com que ela tenha um ar de mistério bem interessante. E a parede do meu quarto é preta, muito linda! Só falta minha estante de livros e minha irmã sair dele para ele se parecer um pouquinho com um dos mundos que eu tenho quando fecho os olhos. 


    


 Esse é um dos pingentes que eu mais gosto. Ele me faz pensar em uma lágrima e os riscos são as histórias que a pessoa põe para fora. De felicidade, tristeza ou raiva, sempre há histórias por trás de lágrimas.





AAAH! Achei meu colar de sal grosso. Vou usá-ço por enquanto.. vish




E tem uma foto do meu filtrador de sonhos, muito lindo!







Enfim, vou estudar.  =] Ah, e quer saber de uma coisa, não ligue para o que os outros falem de você, são só 'outros'.

05 março 2013

Trechos do meu Diário #2

eumechamoantonio.tumblr
Muitas coisas acontecendo (na verdade, quase nada está acontecendo, mas só acontece o que eu não quero). Muitas lágrimas caindo. Muitos cadeados, poucas chaves.
Acho que a melhor coisa que tem na minha vida é saber que a hora que eu chego em casa, é a hora que todas minhas colegas saem. Não só elas, mas o mundo inteiro (dramática).
E essa "melhor coisa" está me resultando um bom tempo de lágrimas.

E por esses tempos, o que mais se passa na minha cabeça é sair e não voltar. Deixar um recadinho e explorar tudo o que não conheço.
Sim, essa é a coisa mais sem ideia que eu tenho na  mente. Mas é apenas uma vontade, já disse que não quer dizer que irei fazer.
Isso é apenas um jeito de chamar a atenção, e por mais que eu queira, não é esse tipo de atenção que quero chamar (até porque, acho que não tenho tanta coragem assim).
Mas não entendo o porque de ficar "presa".. Poxa, tenho tanta vontade de conhecer as coisas, conhecer mais pessoas e lugares... Porque não posso sair? Porque não posso me divertir?
Saco.

"Eu quis me perder por aí, fingindo muito bem que eu nunca precisei de um lugar só meu." Pitty