24 janeiro 2014

Eu quero um choque

We Heart It (editada)


Sabe quando você chega em casa, independente do horário, quer fazer qualquer coisa e não consegue? Você fica perdida. Bebe água. Dorme e não sonha. Sua mente permanece parada. Sem saber onde é teto ou onde é chão. É assim que estou. A camiseta parece não ser mais tão grande quanto era e não é capaz de cobrir o vento frio que invade meu corpo. As paredes estão frias, o piso está frio. Tudo está gelado e meu corpo está quente suficiente para ter um choque. É disso que estou precisando. Um choque.

Eu quero um choque!

Um choque de sentimentalismo. Perceber que aquela pessoa que eu achava ser a mais legal e confiável era, na verdade, a mais chata e insuportável. E vice-versa. É bom levar uma na cara para aprender a ser mais correto nas escolhas.
Um choque de cultura. Quero ver filme francês, pessoas cantando japonês, corpos pintados para o casamento. Quero ver homens de saia, dreads na cabeça, modelos gordas, casa de gelo. Quero ver o deserto colorido, o mar vermelho, o lago cor de rosa.
Um choque de consciência. Quero não reclamar. Quero perceber que estava errada o tempo todo e não ter vergonha disso. O erro não é motivo de humilhação.
Um choque de adrenalina. Tão forte que vou ter a sensação de estar quase morrendo. Porque quando quase morre, vive mais. Sente mais. Sinto falta disso, de sentir. É como estar na fila da montanha-russa. Não sente, só espera. Estou cansada de esperar. De parecer morta. Quero acordar.

14 janeiro 2014

A quem me ama



Me ame aos pouquinhos, porém completamente. Ame meus cabelos bagunçados, minhas unhas mal feitas e até mesmo as quebradas. Ame as minhas neuroses, minhas crises. Ame minha mania de reclamar sem motivos. Ame minha falta de atenção também. Ame minha vontade de ser livre, independente e sem rumo. Venha ser sem rumo comigo. Ame meu amor pelo mar, meu amor por viajar e venha comigo. Ame minha falta de compromisso. Ame o riso sem graça. Ame minha vontade de aprender, minha dificuldade de entender e meus esforços. Ame minhas qualidades, mas muito mais os defeitos. Viva comigo o meu "agora", vamos aprender com meu "antes" e se envolva com o meu "daqui a pouco". Me queira mesmo sem maquiagem, sem o sorriso bonito, sem salto e com TPM. Me queira mesmo que eu reclame demais, seja cabeça dura demais e me distraia demais.
Me ame, mas me ame de verdade. E se amar, ame quem eu fui um dia. Ame aquela menininha magrela com cara de doente, que não gostava de brincar de boneca, que só andava descalço e com seus inúmeros machucados em todas as partes do corpo. Ame aquela garota que não tirava o All Star nem o lápis preto do olho, usava calças rasgadas e pensava que fugir e ser livre era tudo que queria. Ame aquela que talvez ainda queira fugir e ser livre. Ame aquela que não quer engordar, mas não para de comer.
Tenho meus melhores, mas meus piores também estão aqui dentro. Se for me amar, me ame por completo, sem por nem tirar. Ame quem sou hoje e ame mais ainda quem eu for para sempre, para que não seja  passageiro o nosso amor.


08 janeiro 2014

Uma Toca muito fofa e Mágica

Oi, bonitas! Hoje vim compartilhar com vocês uma loja muito linda que descobri fuçando na net e acabei fazendo parceria. No primeiro post de 2014 eu disse que tinha algumas novidades para o blog, a Toca Mágica estava entre elas.


Os acessórios da Toca Mágica são as coisinhas mais lindas já existentes. Fiz uma Wish List de alguns produtos para vocês verem.


          1. Colar Coruja Dourada
          2. Colar Cervo
          3. Colar Livro
          4. Colar Florido Paz e Amor
          5. Colar Grande Árvore


          1. Anel Cervo.
          2. Anel Audrey Hepburn.
          4. Anel Coroa.
          5. Anel Raposa.


          1. Brinco Cervo.
          2. Brinco Caveira.
          3. Brinco Pequenas Folhas.
          4. Brinco Raposa.
          5. Brinco Torre Eiffel.

São esses acessórios e muito mais. A dona, que a propósito é muito gentil e fofa, está sempre atualizando a loja com produtos novos, um mais lindo que o outro. Comprei algumas coisinhas lá, o pagamento é feito pelo PagSeguro e o preço é super acessível! Os produtos chegaram no prazo certo, com um embrulho e recadinho muito lindos.




E para ser ainda mais fofa, o blog tem 5% em qualquer compra na loja, basta usar o código angelaguidi quando fizer o pedido e ficar linda com os acessórios. Entre no site para ver todos os produtos.









Aproveitem bastante da loja. Espero que tenham gostado.
Comentem quais vocês mais gostaram! *-* 

06 janeiro 2014

Nossos tons


Acordar. Escovar os dentes. Tomar café da manhã. Por roupa. Ver se há cartas. Cartas não tem, tem um bilhete jogado debaixo da porta. Desdobrei o bilhete que não estava dobrado milimetricamente correto. Sempre que recebo algum papel, procuro quem foi que mandou, mas este não dissera de quem era e não precisei de pista nenhuma para saber o remetente. Reconheceria aquela letra em qualquer lugar. Sentei no tapete encostada no sofá. Na frente, uma mesinha de centro e em cima dela, um carrinho de brinquedo. Para ser mais exata, um fusca bege que ganhei de alguém por ser um dia qualquer, que ganhei porque ele se lembrou de mim. 

E então, li o bilhete. As lembranças foram voltando devagarinho. Primeiro, foi de quando nos conhecemos. Um tirando o outro para ver quem seria o mais engraçado. Às vezes, ficávamos empatados. Em seguida, lembrei da primeira vez em que percebi o olhar diferente dele. Não foi aquele olhar de desafio que fazia na disputa de tiradas, foi uma coisa mais... desejo e um pouco de vergonha, definiria aquele olhar. Logo, tínhamos, praticamente, os mesmos amigos e saíamos para os mesmos bares. Lembrei de quando estávamos todos em uma mesa, bebendo, e chegou aquele guardanapo rabiscado. 

Que tal sairmos um dia
para treinarmos nossas tiradas?
(  ) SIM     (  ) NÃO

No dia, segurei para não morrer de rir. Talvez aquilo fosse uma piada e ele me zoaria para o resto da vida se eu respondesse um "sim". Mas percebi que ele não queria que alguém visse e decidi arriscar. Então, discretamente, peguei minha caneta dentro da bolsa, fiz um X no sim e escrevi meu número. Ele mandou de volta com um O.K. debaixo do número. Tenho o guardanapo guardado até hoje.

Depois disso, tudo mudou. As tiradas em frente aos amigos sempre tinha um pouco de nós dois, mas ninguém entendia. Ele me mostrou suas tradições e eu mostrei um pouco da minha liberdade. Fui conhecer a casa dele (bem diferente do meu apartamento, por sinal), mas não gostei daquelas paredes todas brancas. Fiz um "papel de parede" na parede da minha sala, é todo com recortes de revista. No meu quarto são fotografias coladas na parede e alguns desenhos. Vou colorir a vida desse cara, pensei.

Éramos melhores amigos agora, sabíamos tudo um do outro, ou achávamos que sabíamos. E aquela parede sem cor ainda me incomodava. Certo dia de tarde, cheguei na casa dele, sem avisar, com alguns quadros, imagens de vários tamanhos, tinta e pincéis. Ele ficou sem entender. Joguei um pincel para ele, arrumamos jornais para colocar no piso e começamos a pintar a parede da sala dele de verde com tom de cinza, até hoje não sei que cor é aquela. Mandei ele escolher algumas imagens, coloquei nos quadros e, depois que a parede secou, pregamos num círculo imperfeito. Discretamente, peguei uma caneta de escrever em CD e fiz um pequeno coração no cantinho da parede. Fico imaginando se ele já viu.

Sem muitos detalhes, sinto a falta dele. Sinto falta dos recadinhos que ele sempre me mandava por debaixo da porta do meu apartamento. Sinto falta da nossa amizade. Sinto falta até das tiradas. Entretanto, nosso namoro não deu certo, isso nós dois sabemos. Sua tradição prendeu minha liberdade, e por mais que eu gostasse mesmo dele, isso não me agradou nada. Minha vontade de mudar tudo que não tinha cor nem graça o assustava um pouco. E nem tudo que a gente não gosta, muda.

Acordo com seu sorriso em minha mente todos os dias.

Nossos tons não combinam mais. Nos falamos muito pouco, quase nada. Arranjamos outros amigos, outros bares e, talvez, outras cores. Os erros nos fazem aprender a diferenciar o que realmente é certo para nós, nos fazem mais maduros. Me pergunto se ele pintou a parede de outra cor, se colocou novas imagens nos quadros, se ele tira alguma outra pessoa. Nosso tempo juntos foi bom, aprendi a tomar café e comer ovo mexido. Aliás, aprendi a cozinhar algumas coisas.

Não queria escrever muito sobre ele para que não houvesse recaídas e eu fosse na porta da casa dele mandar um bilhetinho também. E mesmo sabendo que ele não vai ficar sabendo, eu acordo com aquela risada escandalosa dele todos os dias.

03 janeiro 2014

Ano novo, novidades e tudo mais


Não estava muito afim de escrever algo para o novo ano que chega, mas pensei em deixar que os pensamentos fluam e ver no que viraria. Mas aí, lembrei que tenho novidades para vocês, leitoras lindas!

Mas vamos começar pelo Ano Novo: Não sou uma adoradora de datas comemorativas, aliás, natal foi como um domingo qualquer com um churrasco qualquer. 2014 já está soprando na minha nuca, me causando arrepios. Todos têm pedidos e desejos. Eu também, mas não quero nem pensar neles, pois talvez aconteçam, e acho que não seria bom.

Vou ser megeramente - não, essa palavra não existe e eu sei disso - honesta: Não gosto das pessoas nessa época do ano. Com todos esses "Feliz Ano Novo", promessas daqui, mudanças de lá, blá blá blá. Mas, apesar disso, passei a virada com todos esses desejos de "Feliz Ano Novo" por educação, com uma boa companhia e até que foi bom. Fui para a casa de um amigo com meu namorado, tinha aquelas tintas que brilham com neon (*-*).

Minha virada foi realmente diferente de tudo que já fiz na vida, pode ser que seja um bom sinal! Foi a primeira vez que passei o Ano Novo sem meus pais, e a primeira que passei com meu namorado, cheguei bem mais tarde em casa e fiquei levemente sóbria alterada. Enfim, sem muitos detalhes, foi maravilhoso.

Sobre as novidades: Minha linda amiga Camila Vieira, do blog Letrar-se, vai começar a ser colaboradora aqui do blog. Ela vai escrever textos, crônicas, cartas e etc. Nós concordamos de não estipular um dia ou de quanto em quanto tempo ela postará algo aqui, apenas postar, quando der na telha.

E outra novidade MEGA maravilhosa! Primeira parceria do blog Nepente com uma loja muito fofa que conheci e super recomendo! Toca Mágica é uma loja virtual de acessórios lindos. Super confiante.
No segundo ou terceiro post do ano, trarei mais novidades sobre a loja!

Por enquanto é só. Fiz uma lista de coisas que eu quero fazer mais e menos em 2014, coloquei no papel para não esquecer nenhuma. Estou de férias, comendo livros, bordando (para ganhar dilminhas) e meio sem tempo para pensar em algo para escrever aqui. Mas venho assim que der!

Beijos, meninas!
Espero que tenham gostado das novidades!