14 janeiro 2014

A quem me ama



Me ame aos pouquinhos, porém completamente. Ame meus cabelos bagunçados, minhas unhas mal feitas e até mesmo as quebradas. Ame as minhas neuroses, minhas crises. Ame minha mania de reclamar sem motivos. Ame minha falta de atenção também. Ame minha vontade de ser livre, independente e sem rumo. Venha ser sem rumo comigo. Ame meu amor pelo mar, meu amor por viajar e venha comigo. Ame minha falta de compromisso. Ame o riso sem graça. Ame minha vontade de aprender, minha dificuldade de entender e meus esforços. Ame minhas qualidades, mas muito mais os defeitos. Viva comigo o meu "agora", vamos aprender com meu "antes" e se envolva com o meu "daqui a pouco". Me queira mesmo sem maquiagem, sem o sorriso bonito, sem salto e com TPM. Me queira mesmo que eu reclame demais, seja cabeça dura demais e me distraia demais.
Me ame, mas me ame de verdade. E se amar, ame quem eu fui um dia. Ame aquela menininha magrela com cara de doente, que não gostava de brincar de boneca, que só andava descalço e com seus inúmeros machucados em todas as partes do corpo. Ame aquela garota que não tirava o All Star nem o lápis preto do olho, usava calças rasgadas e pensava que fugir e ser livre era tudo que queria. Ame aquela que talvez ainda queira fugir e ser livre. Ame aquela que não quer engordar, mas não para de comer.
Tenho meus melhores, mas meus piores também estão aqui dentro. Se for me amar, me ame por completo, sem por nem tirar. Ame quem sou hoje e ame mais ainda quem eu for para sempre, para que não seja  passageiro o nosso amor.


14 comentários:

  1. Amei aqui de verdade, sempre leio os seus textos. Seguindo beijos (:
    http://utopiasdemaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada, Maria! E, ora!, por que não veio aqui antes? Haha <3

    ResponderExcluir
  3. Belo texto, bem apaixonado. rs

    Beijos, jacque.

    ResponderExcluir
  4. O que mais gostei no texto é a expressão do amor como aceitação. Pois quando é amor, até defeito a gente ama.
    Tudo lindo aqui.

    Beijos
    http://manuellamontesanto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Uau, adorei esse texto! Me fez lembrar de uma frase "Não suporto meios termos. Por isso, não me dôo pela metade. Não sou sua meio amiga nem seu quase amor. Ou sou tudo ou sou nada" ♥
    Beijão - http://otoemduvida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, lembra mesmo! haha.
      Obrigada pela visita, fofa! *-*

      Excluir
  6. Achei lindo o texto!
    Essa coisa toda de ressaltar os aparentes "defeitos" ficou muito legal, porque geralmente ninguém ama isso, geralmente as pessoas se encantam só pelas qualidades mesmo.

    Beijoo
    www.quaseatoa.com

    ResponderExcluir
  7. Comentei lá no face já.. Mas ficou realmente perfeito, mesmo mesmo. Parece muito comigo. Acho que fim, todas nós somos iguais hehe

    Beijos, Luu
    http://degradeinvisivel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Luu. Todos temos pontos parecidos, que bom que acertei o seu! *-*

      Excluir
  8. Own Ângela, quanto amor!
    É tudo que a gente quer né? Ser amada pelo que nós somos.

    Beijos,
    www.miragemreal.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho sorte por ter alguém que me ama mesmo tendo muito mais defeitos do que eu coloquei no texto. *-*

      Excluir

"Quero desesperadamente ser uma sacudidora de palavras para o mundo."
Markus Zusak


- Não esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa te visitar!