07 fevereiro 2014

Capítulo 18 - minha janela continua aberta

Google
Vai ficar um pouco extenso... Sorry.

Sim, eu sabia que, uma hora ou outra, o Peter Pan não viria mais para me buscar. Mas imagino que continuarei lutando contra o Capitão Gancho.

Enfim, dezoito anos, algumas coisas mudam, outras nem tanto e umas ou outras vão ficar intactas. Mas espero que esse ano seja bem melhor que ano passado (não que ano passado tenha sido ruim, mas...). Agora caiu a ficha: as responsabilidades requerem mais atenção, tenho mais responsabilidades e as responsabilidades não acabam (mas quantas responsabilidades, hein, Ângela!?), pois é, para você ver! Eu sei que para realizar meus sonhos a única coisa que eu preciso mesmo é dedicação (e dinheiro!) ao extremo. E já que eu comecei a escrever isso, vou pelo menos escrever sem fazer tanta graça.

E nesse compasso de meses e mais meses quanto mais aprendo, menos sei e contrariamente mais certezas tenho sobre essa vida invisível. Porém, sou nova e não sei nada sobre nada ainda. Minhas experiencias são poucas, não quebrei a cara o suficiente ainda, disso eu sei com certeza. Das multidões já estou me afastando um pouco, as indecisões que já me geravam distanciamentos, hoje muito mais. Pois, apesar de jovem, sei bem que a vida é curta.
Mas ainda há muita esperança, pois mesmo curta, a vida é profunda, cabe muita coisa nela. O passado pode ser visto de outra maneira, o futuro planejado de diversos modos, o presente saboreado da melhor forma possível, muito bem temperados com loucuras e um pouco de lucidez, como de costume.

Há muito amor, muita paixão, muitas lágrimas e solidão ainda. Paciência e tolerância, principalmente. Os sonhos vão sendo editados e pouco a pouco vou sabendo mais o que não quero para mim, e no caminho para saber o que quero.
Mas a palavra de hoje é gratidão, e é isso que lanço à tudo a minha volta nesse momento. Tenho mais uma palavra para hoje: reciclar; estou reciclando minha vida, reescrevendo minha história, vomitando o que me impede de crescer e ser feliz. Mesmo não sendo o que eu gostaria de ser, sou mais do que imaginei que um dia seria, estou aprendendo a me amar melhor.

A vida ainda nos surpreende, e é isso que nos faz dizer que ela vale "a pena".


Er.. Parabéns para mim, então, e para meu pai! (Fazemos aniversário no mesmo dia ;D)

6 comentários:

  1. Antes de mais nada: parabéééééns!! Muita felicidade e tudo de melhor pra você.
    E eu entendo que os tão sonhados (ou tão temidos) 18 anos trazem responsabilidade. Faltam 7 meses para os meus 18 e já tá dando aquele frio na barriga, aquele medo de crescer. Mas enfim, que venha um ano cheio de realizações e que você consiga superar todas as suas metas e objetivos. ♥

    Beijão!
    www.quaseatoa.com

    ResponderExcluir
  2. Ah, Jul, obrigada linda! Até achei que eu iria ficar com esse frio na barriga por causa dos 18, mas não, está sendo normal. As responsabilidades sempre estiveram aqui, eu é que nunca dei a devida atenção que elas merecem. Mas a gente sempre descobre isso quebrando a cara. É de lei. Haha
    Obrigada mesmo! Tudo em dobro para você!

    ResponderExcluir
  3. Hey, Ângela! Feliz aniversário atrasado, de coração, viu? <3 Torcendo para que esse ano seja melhor para você e para todos nós. 18 é uma idade tão desejada, por alguns, né? Logo essa idade que ganhamos mais responsabilidades do que conseguimos lidar. Na verdade, não sei porque eu falei isso, já que ainda tenho 16 haha Mas mesmo assim, ganhei muitas responsabilidades durante o ano passado e estou sentindo o peso. A única razão pela qual eu quero fazer 18 é que vou para faculdade e me mudarei para a minha cidade natal ♥ hehe
    Mas então, muito amor, alegria, paz, dinheiro e coisas importantes para você!
    Beijão - http://otoemduvida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, fofa! A gente sente o peso das responsabilidades desde muito cedo e temos que continuar com elas. Esse também era meu objetivo, mas vai ficar para o ano que vem!
      Tudo de bom para nós! <3

      Excluir
  4. Primeiro, Feliz aniversário! Olha, a tendência são as responsabilidades crescerem mesmo... mas te digo que você vai dar conta. Pq acabamos seguindo o fluxo da nossa vida. Isso quer dizer que as responsabilidades que você já dava conta, vai continuar dando um jeito.
    aproveite também, porque passa muito rapido. Fiz 18 e quando menos percebi eu já tava com 23, com outra cabeça! hehe

    Um beijo
    www.naotenhopressa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Tomara que eu dê mesmo! ;D
      Vou aproveitar o máximo!

      Excluir

"Quero desesperadamente ser uma sacudidora de palavras para o mundo."
Markus Zusak


- Não esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa te visitar!