01 abril 2014

É disso que você precisa

Google

Tenho coragem. Ou apenas imagino ter. Tenho dito isso para mim mesma quando penso: "e se eu morrer jovem, daqui a alguns dias ou meses?" Dá medo, né? Tenho medo porque parece que ainda não é o suficiente. Não fiz tudo que penso que tenho que fazer. Não curti por inteiro.
Mas o negócio agora é investir na coragem. Coragem para levantar da cama e energizar seu dia. Dançar nua na frente do espelho e cantar, em alto e bom som, junto com Regina Spektor sem ligar se sua voz não é tão afinada nem para o que os vizinhos vão achar.
Coragem para fazer as malas e conhecer o mundo sem dinheiro no bolso. Fugir de casa nem que por 15 minutos e acompanhar as nuvens. Ir até o céu para descobrir, com certa decepção, de que as nuvens não são de algodão.
Você só precisa ter coragem.
Coragem para abraçar alguém que conhece há 10 minutos. Para beijar um garoto. Ou uma garota. Por que não? Coragem de ser quem você realmente é e não ter medo do que as pessoas a sua volta pensarão. Coragem para limpar o quintal e ver o pôr do sol, sem que os monstros da sua imaginação queiram sua cabeça como jantar.
Coragem de gastar suas economias em chocolate e se arrepender tanto da falta de dinheiro quanto dos quilinhos a mais. Coragem de parar de reclamar com o espelho sobre seu corpo, quem tem que gostar dele é você e só!
Digo e repito: você só precisa de coragem.
Coragem para tirar fotos com seu lado menos fotogênico e rir do estrago. Coragem de desapegar. Coragem de aceitar certas responsabilidades e se desprender de outras. De comer aquela comida estranha com um tempero diferente que alguém disse que é muito bom e que é para você provar, e você dizer a ela que não gostou (se não tiver gostado, claro). Coragem para agradar e não agradar.
Você só precisa de coragem para entender que vai morrer de qualquer jeito. Agora ou em dois séculos. Coragem para entender que o máximo que pode acontecer é você morrer mesmo, mas antes disso, você tem que aproveitar o máximo e morrer. Morrer de rir, de chorar, de felicidade, de amor. Pode ser que vá dormir e "parta dessa para melhor", linda e feliz. Pode morrer tendo o sonho mais inimaginavelmente louco da sua vida. Ou pode fazer desse sonho a sua vida.
Você pode qualquer coisa. Pode até morrer. Mas enquanto a morte não vem, para viver, meu caro, é preciso muita coragem.

3 comentários:

  1. É exatamente isso!!!
    Todo mundo precisa de coragem, mas é algo tão dificil né?
    Somos tão medrosos quando se trata de viver, de experimentar, de correr atrás e inovar!
    Deixamos passar experiências e histórias por falta de coragem :/
    Adorei!!

    Beijos,
    www.miragemreal.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso, Maria. Perdemos muitas coisas por bobagem.
      Obrigada! <3

      Excluir
  2. Muito legal, Ângela. Parabéns pelos seus escritos. Venho-os lendo há algum tempo e percebo a constância e a característica que vc decidiu adotar como sua. Parabéns.
    Visite o meu blog: barganhaliterária.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

"Quero desesperadamente ser uma sacudidora de palavras para o mundo."
Markus Zusak


- Não esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa te visitar!